O Leandro

Belíssimo dia no Parque Nacional Los Glaciares, vista do Mirador do Fitz Roy.

Meu nome é Leandro Cascino Repolho, tenho 21 anos de idade e sou Desenvolvedor de Software. Estudei por dois anos Administração de Empresas na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em 2010 começei minha viagem pela América do Sul partindo de Ushuaia, a última cidade do Mundo e cruzei a Patagônia em 2500km. Agora (Novembro de 2010) saio novamente com minha bicicleta para cruzar do Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico (saindo de Chuy, Uruguai à Valparaiso, Chile).

Criei este site para manter os meus familiares atualizados com informações dos lugares e pessoas que conheci, onde estou, para onde irei e etc, logo, você pode nem acha-lo tão interessante assim. De qualquer forma, espero ajudar a comunidade de cicloturismo no Brasil compartilhando minhas fotos, vídeos, informações e dicas durante o percurso.

16 ideias sobre “O Leandro

  1. Leandro,
    a sua viagem de bike pela Patagônia deve ter sido uma aventura bem legal mesmo. esta é a viagem que eu deverei fazer em breve. mais ou menos igual a sua. não deverei sair de Ushuaia, mas de Punta Arenas e então seguirei pela Carretera Austral. Pelo que já sei vou ter que encarar ventos muito fortes, estradas de “ripio”, etc. Como ainda não tenho experiência em longos trajetos (e principalmente para lugares mais remotos), vou fazendo umas pesquisas na web pra descobrir relatos de quem já fez algo semelhante. daí descobri este seu site. Parabéns!! muito útil para quem quer iniciar no cicloturismo ou mesmo para quem já tem alguma experiência. Sempre é bom saber como foi a experiência de quem já fez o percurso que também queremos fazer. No momento, vou fazendo meu planejamento, tentando descobrir qual a melhor bike pra pedalar, o que levar e toda a logística que está envolvida numa aventura como esta. É isso aí. Parabéns pelo site e pelas dicas de cicloturismo.
    Marcelo

  2. Por favor preciso muito de sua ajuda, pretendo ir para carretera saindo de Bariloche e cruzando os lagos de bicicleta até Puerto Mont ( dez 2011/ jan 2012)….. tenho como meu destino Coihaque,, porém não sei como faço para voltar de lá até Bariloche de onde sai…. vc sabe se tem onibus que faça esse trajeto ? vi passagem mas parece que custa 480 euros, ( não sei ,,,, ) agradeço o que puder me dizer. Valeu pela ajuda. Tem problemas de roubos por lá ??

    • Acabo de receber a resposta de um amigo que mora em Coiahaique. Perguntei a ele se existem onibus até Bariloche e ele respondeu que sim, só não sabe me informar o valor pois estava trabalhando fora da cidade. Então fique tranquilo que há como voltar. Duvido muito que custe 480 Euros, isso é um absurdo. Não vi nenhum preço próximo a isso em 3 meses de Patagônia! Voltei de ônibus de Neuquen até Buenos Aires em quase 12 horas e não custou mais que 100 pesos argentinos.

      Roubo e Patagônia não cabem na mesma frase!!! É obvio que há furtos, quando vc bobeia com as suas coisas e alguém pode pega-las. Isso existe em qualquer parte do mundo você só precisa ficar atento.

      Mas já te adianto, não passei por nenhum desses problemas, foi o lugar mais seguro e com as pessoas solicitas que já conheci na minha vida!

  3. Grande aventura Leandro! Já fiz o sul da Argentina e Chile ( P. Natales e P. Arenas) no final de 2011 iriamos eu e minha esposa passar a virada de ano em Torres Del Paine mas um turista maluco colocou fogo no parque e tivemos sair bem cedo dia 31.” Tchê Leandro Ciclista” se puderes gostaria que tu me desse algumas dicas sobre a “travessia” de El Chalten (Arg) para Villa O’higgins (Ch), se é possível passar de carro, moto ou se é possível somente a pé ou de bike? Tchê, parabéns novamente e comungo contigo: Patagônia e roubo não combinam; o correto é Patagônia-solidariedade-calor humano.
    PS. meu mail é glaycodebem@gmail.com, forte abraço

    • Oi Glayco, fiquei muito triste com o que aconteceu com um lugar tão lindo como Torres del Paine. A história que ouvi é que um israelita tentou acender um fogareiro com papel higienico e acabou perdendo o controle do fogo por causa do vento… Que lastima!

      Quanto a travessia de El Chalten (Arg) à Villa O Higgins (Chile) não há estrada em todo o trecho, portanto só passa bikes, cavalos ou a pé. Você deverá pegar uma trilha que começa logo após a aduana Argentina. Essa trilha leva até a divisa dos dois paises, no lado chileno começa uma estrada muito ruim (é o começo original da Carretera Austral). Seguindo essa estrada você chegará em um porto que é a Aduana chilena. Lá você irá embarcar em uma balsa que te levará a Villa O Higgins.

      Muita atenção com essa balsa, pois fora de temporada ela só vai de 15 em 15 dias!

      Abraços,
      Leandro

  4. Leandro, primeiro parabens por seu trabalho. Há mais ou menos um ano, eu vi seu filme sobre o que levar na bike. Fiquei fissurado e comecei a pensar no cicloturismo como um estilo de vida. Passei a pensar em viagens… Comprei uma super bike e estou comprando a segunda. Fiz viagens de um dia, com 135 / 148 km. Estou bem disposto a me aventurar sobre duas rodas. Dai vai a pergunta: Tens alguma viagem programada e precisa de um acompanhante?
    Bom, eu fui advogado, mas estou parado, quero viver um pouco, já que trabalhei muito…, não sou novinho, mas como vc viu fiz 150k num dia. Tá certo que no dia seguinte andei de quatro….hahahahahah, mas estou disposto a consquistar o mundo.
    Abraços
    ®.

    • Compartilho do mesmo pensamento que você.
      Em breve quero fazer uma viagem igual a essa que o Leandro fez.

      Tudo o que um sonho precisa pra se realizar é alguém que acredite que ele possa ser realizado!
      “Roberto Shinyashiki”

    • Jose obrigado pelo elogio, faz ver que valeu a pena o trabalho de relatar praticamente toda a viagem!

      Viajar de bike é a realização de um sonho que qualquer um pode materializar.

      No momento não tenho nenhuma viagem de bike planejada, mas vez ou outra eu desço até a praia pela estrada de manutenção que é um passeio bacana e um bom medidor para saber se vc encara 100km por dia numa bike tranquilo. Te encaminho um email se pintar outra viagem.

      Abraços!

  5. Olá Leandro, tudo bem?

    Em primeiro lugar, parabéns pelo esforço de relatar toda a viagem com fotos e texto… imagino que não deve ser moleza…. hehehehe….. com certeza ajuda bastante os “aspirantes a aventureiros”….

    Eu estou preparando o psicologico pra uma dessas, mas aí minha maior dúvida, com relação a esses tipos de viagens longas: e a questão financeira?

    Por exemplo, será preciso comprar materiais para bike, acessórios pessoais, gastos com alimentação e hospedagem em alguns casos, e aí?? você leva grana em cash mesmo? grande quantidade ou vai sacando no decorrer da viagem, pra evitar assaltos? e quanto gasta em média numa dessas suas viagens? dá pra estimar tipo “X reais por mês”??

    Essa é a minha maior dúvida até o momento…. se a grana que gasta você leva tudo com você (e quanto), ou se vai angariando no decorrer da viagem, fazer alguns serviços e tal…. pois até nisso já pensei….

    Mais uma vez, parabéns pelo relato, coragem de ter feito a travessia mesmo sendo bem jovem, e pelo trabalho de postar tudo isso pra compartilhar com o pessoal!!!

    Até mais.

  6. Olá Leandro, tudo bem?
    Em dezembro começo um mochilão de 65 dias pela América do Sul, passando por Argentina, Chile e Bolivia.
    Estou em um ponto da viagem, que não consigo encontrar informação a respeito de ônibus saindo de Chile Chico com destino a Bariloche. Você saberia me informar qual empresa faz esse trajeto, e se por acaso há ônibus todos os dias durante o mês de janeiro?
    Abraços
    Daiana

  7. olá nobre.. pense numa inveja to sentindo aqui… pedalo ha 1 ano e minah viagem maior foi de currais novos/rn (minha cidade) a juazeiro do norte/ce foram 453km, junto com 5 ciclistas e um carro de apoio, tiramos em duas noites a viagem.. mas quero fazer 2,700km até aparecidado norte/sp.. me add no msn frog_designs@hotmail.com

    • Olá amigo, obrigado por acompanhar o blog! A viagem até Aparecida parece ser bem bacana, fiz todo o sul de minas no chamado Caminho da Fé até lá. Boa sorte neste seu pedal, qualquer duvida entre em contato.

      Abraços!

  8. Olá Leandro… meus parabéns, gostei muito de ler a sua experiência, pretendo fazer mais ou menos o que tu fez, só que vou fazer de carro, saio de porto alegre, vou até Ushuaia e volto por dentro do Chile, claro o que tu fez é algo muito legal e que ainda pretendo fazer algo com bicicleta , pq dessa maneira tu senti e vê o que realmente está a sua volta, mas infelizmente tempo pra mim vai ser curto e dessa vez vai ser em 4 rodas ao invés de duas, o amigo teria alguma dica? algo que não se encontre na maioria dos blogs e fóruns?

    Abraços….

  9. Leandro
    Parabens pelo site.
    Boas dicas.
    Estou me preparando para a carretera em 2015/2016. Estou elaborando as possibilidades porque tenho que dividir em etapas.
    Minhas viagens sao de 1000 a 1600 km ajustadas para meus dias disponiveis de ferias.
    Queria uma informacao : vc conhece alguem que fez a viagem de BA a Bariloche de bike? Esse roteiro seria minha opcao para a primeira fase. Sabe qual o roteiro mais amigavel para essa pernada?
    Abcs
    Repliquei seu site no meu blog.
    Abcs

    • Oi amigo, me envie um email: leandrorepolho arroba gmail ponto com

      Conheci algumas pessoas que fizeram este trajeto e posso tentar te ajudar.

      Abraços,
      Leandro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *